Suspensão Automotiva

O sistema de suspensão tem o papel de garantir o conforto do carro, absorvendo o impacto contra obstáculos e garantindo à estabilidade do veículo. Elas possuem variações conforme o sistema de construçāo, sendo quatro os principais modelos: MacPherson (presente na grande maioria dos veículos), Barra de torçāo (muito utilizada em eixos traseiros), Independente (permite que as rodas se movam individualmente), Multilink (utilizada, normalmente na traseira dos veiculos, permite o contato dos pneus com a pista a todo momento).

 

Vários sāo os componentes utilizados na construçāo de qualquer modelo de suspensāo automotiva, sendo fundamental no momento da manutençāo, em empresas especializadas neste serviço, o esclarecimento detalhado ao consumidor, que a substituiçāo da peça avariada/desgastada, nāo elimina a necessidade, em algum curto espaço de tempo, a troca de outro componente. Ressaltamos esta informaçāo, pois em muitos atendimentos observamos, que quando é substituído alguns poucos componentes de uma suspensāo o proprietário do veiculo, muita das vezes, fica com a idéia, equivocada, que “toda sua suspensāo” foi reparada.

 

Vamos aqui enumerar apenas alguns dos itens que fazem parte da construçāo de uma suspensāo:

 

Molas - trabalham conjuntamente com os amortecedores amenizando as irregularidades do piso e fazem a sustentação do carro mantendo a sua altura. Sendo o componente que trabalha mesmo quando o veiculo esta parado, suportando o seu peso. A necessidade de troca dos amortecedores ou molas, diferentemente do indicado por alguns fabricantes, que estabelecem uma determinada km, devem seguir uma avaliação "carro a carro", para correta definição do momento ideal para serem substituídos. Assim devem ser observados, como se faz a utilização do veiculo, mediante trajeto, carga transportada, manutenção efetuada, estes fatores provocam grande variabilidade no desgaste dos componentes.

 

Amortecedores - absorvem as imperfeições da pista e mantêm a estabilidade do veículo nas curvas e durante o acionamento dos freios.

 

Barra estabilizadora - tem como objetivo estabilizar o veículo, unindo os dois braços da suspensão em um mesmo eixo, auxiliando o curso dos pneus e mantendo o seu contato com o solo.

 

Bandeja - funciona como um suporte que liga as rodas do veículo ao chassi ou monobloco, fazendo com que as rodas se movimentem apenas verticalmente, limitando o movimento das rodas na frenagem e arrancada.

 

Terminal direçāo - é a peça que liga a caixa de direçāo aos terminais da roda, permitindo movimentos de um lado para o outro.

 

Pivô - é conectado a bandeja , ligando o conjunto da roda ao sistema de suspensao do veiculo. Por absorver os impactos e definir o controle da direçāo, quando identificado folga, deve ser substituído imediatamente.

 

Coxim do amortecedor - fixa e dá suporte ao amortecedor no monobloco do automovel, absorvendo choques, vibrações e a força rotacional decorrentes da movimentaçāo do volante.

 

Rolamento de roda - tem a funçāo de movimentar a roda com o menor atrito possivel, conforme o modelo do veiculo este componente é acoplado ao cubo e sua substituiçāo só é possível pela troca do conjunto.

 

Estes podem ser considerados os principais itens que compoēm o sistema de suspensāo, mas ainda fazem parte: Bieleta, Articulaçāo, Bucha da barra, Homocinética, entre outros.

 

Seja qual for o seu veículo, trabalhamos com as principais indústrias de peças mundiais para oferecer a solução adequada para a manutenção dos mais variados sistemas de suspensão e direção.

 

suspensão

ENTRE EM CONTATO

Preencha o formulário abaixo e um de nossos consultores vai entrar em contato com você.